A história das Clivias amarelas parece uma epopeia com um final feliz. Desde Janeiro de 2011, quando comprei a minha primeira Clivia miniata, que ando à procura de outras variedades, muito difíceis de encontrar por cá.  Quem tem lido os meus posts sobre Clivias sabe que já tenho sementes germinadas de Clivias de folha variegada que trouxe dos Açores, que o meu primo me ofereceu uma variegada linda vinda do estrangeiro e … faltava-me a amarela. Já o tinha mencionado aqui e não é que este ano, na Exposição de Orquídeas do Porto, um senhor vem ter comigo e diz-me que tem uma ‘coisa’ para mim: uma Clivia Amarela. e em botão… linda!! Que alegria! Obrigado sr. Américo Teixeira!
Entretanto chegaram Clivias amarelas no centro de jardinagem onde trabalho, nos JARDINS SINTRA. E não é que depois desta conversa toda, de mandar vir da Holanda para vender no centro de jardinagem e, claro, ficar com uma para mim, descobrimos um vaso enorme de Clivias, no fundo do garden, com botões amarelos!! 
Mas há mais… descobri que no Porto há alguém que tem Clivias brancas!! A busca continua!!