Este mês, a JARDINS apareceu renovada e com um novo visual que se quer mais prático e atrativo. Neste número de Novembro de 2015 podem ler o meu artigo sobre Cattleyas, as “rainhas” das orquídeas, bem como o meu comentário sobre o livro “The Morville Hours”.
Toda a revista está muito interessante onde podemos encontrar artigos sobre o Calendário Lunar e actividades para Novembro, 5 dicas para um inverno empre colorido e vários exemplos de projetos de jardim para nos dar ideias para o nosso espaço verde.
A Vera Nobre da Costa escreve sobre as paisagens de S. Miguel, a Filipa Almeida sobre os prepartivos do Jardim para sobreviver ao frio. Esse mesmo frio transforma os jardins em cores douradas, como nos diz a Ana Luísa Sores. O Tiago Veloso escreve sobre a Nandina domestica, a Laura Trigo sobre a plantação de bolbos e a Elsa Severino sobre o Festival de Jardins de Chaumont-sur-Loire. O João Franco escreve sobre o Dióspiro, a Fernanda Botelho sobre plantas nossas aliadas, o Pedro Rau sobre o Callaloo e o José Arantes sobre Favas. Sementes, culinária, arranjos florais e projectos de trabalhos manuais com crianças são outros temas interessantes que pode encontrar nesta revista. 
Para os dias mais frios de Novembro, a revista JARDINS é uma boa aliada para “jardinar no sofá”.
Boas leituras.