É verdade que não tenho muitas Phalaenopsis, gosto de as admirar mas não é o meu género favorito. As que tenho são, ou espécies ou híbridos primários ou com características que as distinguem dos híbridos mais comuns e comerciais. Não tenho nada contra, mas as Phalaenopsis ocupam algum espaço, só tenho mesmo as que considero mais interessantes!
A primeira, aqui representada em quatro fotos é o híbrido Phalaenopsis Sweet Memory ‘Liodoro’. Gosto muito das suas cores e do facto de ser agradavelmente perfumada. Este ano esmerou-se com 6 flores ao mesmo tempo. Já a tenho há alguns anos e o record eram 3 flores abertas em simultâneo, por isso este ano portou-se muito bem. 
Esta tem o inconveniente de ser já uma planta muito grande e este híbrido tem sempre as folhas todas viradas para um lado e pendentes, o que faz muitas vezes o vaso tombar. Assim coloquei-a num suporte de ferro de onde não cai. A folha maior não está muito bonita porque foi mordiscada pela minha gata. Está todo o ano em casa junto a um metro de distância de uma janela.

Phalaenopsis Sweet Memory ‘Liodoro’
Phalaenopsis Deventeriana (amabilis x amboinensis) x Phalaenopsis violacea

Esta Phalaenopsis é uma espécie e é lindíssima. Tenho-a já há muitos anos. Gosto muito das flores com cores fortes. Todos os anos dá flores. É a Phalaenopsis mariae.
Cultivo-a num vaso transparente, como todas as Phalaenopsis e fica todo o ano na estufa quente.