Na natureza cresce nas árvores das encostas montanhosas dos Andes, na América do Sul, em países como a Colômbia, o Equador, Panamá, Peru ou Venezuela, a altitudes até aos 1500m.

Em casa mantenho-a num local sombreado, no exterior o ano todo, num cesto de madeira com uma mistura de casca de pinheiro usada normalmente para orquídeas epífitas. É regada com frequência e fertilizada pelo menos uma vez por mês.

As suas flores são amarelo alaranjado com pintas laranja, têm tamanho médio para as Stanhopea, com cerca de 8-10cm e são muito perfumadas (como um pudim de baunilha). Com quase todas as Stanhopea, as flores crescem para baixo, furando as raízes e duram cerca de uma semana, dependendo do calor na altura das florações.

São muito bonitas. Muito elegantes. Movendo-se como um móbil colorido ao vento.

Algumas fotos da floração deste ano da minha planta.