Quando fui ao Algarve apresentar o meu livro, tive o privilegio de ficar uma das noites na ‘Casa Catita’. Para além dos dias lindos, não haveria melhor lugar para ficar e aproveitar os primeiros dias que lembravam a Primavera.
A ‘Casa Catita’ é uma casa  e um jardim particulares onde eu ‘espreito’ regularmente para ver as novidades, tanto botânicas como artísticas, do Júlio, que conheci após algum tempo a seguir o seu blogue “PEDRAS PLANTAS E COMPANHIA“, onde ele fala da casa, das plantas e do resto que por ali se passa.
Apesar de tudo o que já conhecia pelo blogue, ver ao vivo e estar lá foi completamente diferente e muito interessante.
A casa é adorável, mesmo ao meu estilo. Construída pedra a pedra com muito amor e com cada detalhe bem pensado. O jardim é mágico e conjuga harmoniosamente vários elementos da natureza com artefactos imaginados, inventados e executados pelo Júlio. A nível de plantas… uma conjugação fantástica de plantas exóticas e da flora algarvia.
Um lugar de sonho…
Esta é uma casa de hospedes e se for responsável e souber respeitar o espaço, pode alugar a Casa Catita para passar umas férias. Não vai, asseguro-lhe, arrepender-se! Eu só tive pena de só poder ficar uma noite. Ali eu conseguia mesmo descansar.