É incrível como as coisas são.
Estas Fucsias voltaram para Lisboa.
Há dez anos, numa visita ao Zoo, tirei um raminho de um arbusto de Fucsias que lá havia. Levei para casa e plantei-o. Cresceu, desenvolveu-se e agora a última vez que fui a casa dos meus pais, trouxe novamente um raminho que foi plantado num vaso da minha varanda… Cresceu e já deu flores. Aqui ficam.