Tenho um habitante na minha estufa que levas as noites a cantar. De vez em quando, quando rego, vejo-a aos saltos entre os vasos. É, com certeza, uma boa ajuda a ‘tratar’ dos insectos que lá aparecem.