De João da Motta Prego (1844-1920), engenheiro agrónomo casado com Virgínia de Castro e Almeida. Publicou uma série de livros para jovens sobre vários aspectos de agronomia e pecuária.
São livros com histórias muito ingénuas vistas aos olhos de hoje (foram publicadas no início do séc. XIX) que tinham como intuito a leitura e o despertar dos jovens para os bons valores familiares e para uma vida de trabalho ligados à agronomia, pecuária, etc.

Os livros são de histórias de ficção mas, dentro da ficção, muito educativos sobre o tema do livro. Por exemplo, no livro O POMAR DO ADRIÃO, o autor conta a história de José Adrião, da sua familia e da sua aldeia, com personagens deliciosas que caracterizavam de alguma maneira a vida do campo na época, mas também engloba na narrativa uma descrição de espécies de pomar, técnicas de cultivo, poda, enxertia, etc.

Apesar de não serem livros de aventuras, são livros muito bonitos e até interessantes para quem goste de jardinagem, plantas, animais, etc.

São também uma herança da história do nosso país.

Li que alguns livros foram premiados pelo Ministério da Agricultura e que eram oferecidos como prémios escolares aos melhores alunos pelo governo.

Tenho alguns desses livros mas gostava imenso de completar a colecção.

Segundo o que sei, a colecção é composta pelas seguintes obras:

QUINTA DO DIABO (Avicultura)
O PADRE ROQUE (Apicultura)
OS NETOS DO NICOLAU (Sericultura)
A LAGOA DE DONIN (Piscicultura)
A HORTA DO TOMÉ (Agricultura – vegetais)
A LEITARIA DA ROSALINA (Pecuária – derivados do leite)
O POMAR DO ADRIÃO (Fruticultura)

OS COELHOS DO MÁRIO (Cunicultura)

O último é referenciado como estando no prelo mas nunca vi referência a que tenha sido editado.

Se alguém tiver alguns destes exemplares ou se tiverem mais informações sobre esta colecção, agradecia que entrassem em contacto comigo. Os nomes em negrito são os que eu tenho.