A minha saga com as Borboletas Cauda-de-Andorinha continua. Numa visita aos meus pais, comentei que tinha que comprar mais Arruda (Ruta graveolens) para as lagartas e uma tia minha disse que as matava todas porque lhe destruíam a planta. Enfim, lá lhe dei um raspanete e ela ficou de me guardar todas as lagartas que encontrasse na sua Arruda.
Assim, este fim-de-semana trouxe uma caixinha com três lagartas ainda pequenas e quatro crisálidas. Assim que eclodirem, mostrarei fotos das borboletas!

Se quiserem ver destas borboletas ao vivo podem ir à LAGARTAGIS, a estufa de Borboletas do Jardim Botânico de Lisboa.