O ano passado deram-me duas estacas destes Aeonium arboreum púrpura. Como foi no final do ano, e para não apodrecerem com o excesso chuva, coloquei-os num local abrigado e aí se mantiveram todo o Inverno. Para surpresa minha, ficaram verdes. Como ando sempre com os vasos de um lado para o outro já nem tinha a certeza que estes eram os Aeonium púrpura. Entretanto, nas arrumações da Primavera, lá mudei o vaso novamente de local. Não foram necessários muitos dias ao sol para que começassem a ficar com a cor mais escura. Na foto nota-se que das duas hastes, a que está mais à luz começou a escurecer mais cedo. Hoje, já passados mais alguns dias, já as duas rosetas estão escuras.

Gosto muito deste tipo de suculentas e ficam muito bem em vasos com várias plantas. A cor e a forma das rosetas contrastam lindamente com outro tipo de folhas. Estas plantas são da família Crassulaceae e são originários da costa atlântica marroquina.