Sobre o Greenman

O Green Man (Homem Verde na tradução literal) é uma figura que representa o poder da natureza e o mundo natural. É um símbolo antigo da natureza e da fertilidade e também o espírito selvagem que deve viver em todos nós.
Há descrições mais antigas em que é chamado de Robin Goodfellow, Jack o’the Green, Green George ou ainda Robin Hood. Há muitas representações deste ser em várias épocas e em diferentes religiões, geralmente mostrando a sua face, meio humano, meio vegetação, normalmente com um sorriso. Pode ser visto esculpido em igrejas góticas, decorando tapeçarias medievais ou talhado em troncos de árvores.
Noutras eras, eram feitos sacrifícios humanos para agradar os deuses da natureza e para assegurar boa saúde e fertilidade da Terra. São contadas histórias de como homens eram escolhidos para reinar como “Reis dos Bosques” ou “Rex Nemorensis” durante um ano e depois assassinados. O seu assassino seria o próximo Rei durante os 12 meses seguintes. Foi sugerido que o “Robin dos Bosques” tivesse sido um dos escolhidos.
O Greenman morre todos os anos a 5 de novembro (o antigo dia de ano novo inglês) com muito barulho e fogueiras acesas, muito tempo depois, este dia seria associado em Inglaterra a Guy Fawkes. O Green Man renasce todos os anos no primeiro dia do mês de maio. Os rituais da Primavera celebram a renascença e as crianças que eram concebidas nesse dia eram chamados de Robin ‘s Son ou Robinson.
Várias imagens do Greenman são encontradas em lugares de adoração tanto na religião cristã como na hindu, budista ou Maia. É um símbolo de conexão e interação com a natureza que cruza todos os limites seculares e filosóficos.
Representa sobretudo o amor pela natureza e é por essa razão que o escolhi também como símbolo para me representar.
Alguns Greenman da minha colecção.
Fechar